25 de março de 2019

Cães farejadores descobrem cocaína em pares de tênis e em quadros no Aeroporto de Cumbica

Cães farejadores da Receita Federal encontram drogas em Cumbica — Foto: Divulgação/Receita Federal
Cães farejadores da Receita Federal localizaram 13,4 kg de cocaína escondidos em pares de tênis e em quadros no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, neste fim de semana. Duas mulheres foram presas.

A primeira apreensão aconteceu na noite de sábado (23). Os cachorros sinalizaram a bagagem de uma brasileira que seguiria para Lagos, na Nigéria. Na mala foram encontrados 16 pares de tênis, com porções de cocaína escondidas sob as palmilhas, totalizando 3,4 kg da droga.

No domingo, os cães apontaram um pacote com quatro quadros que foi despachado por uma passageira nigeriana. No interior havia 10 kg de cocaína. A mulher também tinha como destino final a cidade de Lagos.
Cocaína escondida sob a palmilha de pares de tênis foi achada por cães farejadores em Cumbica — Foto: Divulgação/Receita Federal

As duas passageiras foram presas e levadas à delegacia da Polícia Federal (PF) no aeroporto.

Segundo a Receita, desde 16 de março os cães farejadores do aeroporto encontraram 57 kg de cocaína. Nove pessoas foram presas por tráfico internacional de entorpecentes.