22 de março de 2019

Casal preso por tentar simular casamento para imigração pode pegar pena de 15 anos

                             (Foto: Polícia Federal)

Duas pessoas foram presas em flagrante em Curitiba, nesta quinta-feira (21), por tentarem simular um casamento para regularizarem a situação de imigrante ilegal no país.

De acordo com a Polícia Federal, o falso casal apresentou diversos documentos para regularizar a permanência de uma imigrante cubana ilegal moradora de Mandirituba. A documentação foi apresentada no setor de migração da PF na capital.

Após a corporação receber informações de fraudes em processos para registro de estrangeiros, policiais realizaram diligências e constataram a falsidade do casamento. A união, caso fosse verdadeira, permitiria que a estrangeira tivesse o registro de permanência no país por casamento com brasileiro. 

Os dois suspeitos foram presos e responderão por estelionato, falsidade ideológica em documento público e em documento particular e uso de documentos falsificados. Se condenados poderão ter penas de até 15 anos de prisão.

Colaboração Polícia Federal