13 de março de 2019

Grêmio é derrotado e se complica na Libertadores



Árbitro Diego Haro adverte o jogador Marinho com o cartão amarelo, durante partida entre Grêmio x Libertad, válida pela segunda rodada da Copa Libertadores da América 2019, na Arena do Grêmio em Porto Alegre, nesta terça-feira (12/03)Foto: RODRIGO ZIEBELL/FRAMEPHOTO / Estadão Conteúdo

Na próxima rodada o Grêmio visita no dia 04 de abril, quinta, o Universidad Católica, às 19h(de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo. No mesmo dia o Libertad-PAR recebe o Rosário Central, às 21h(de Brasília), no Defensores Del Chaco.Pelo Campeonato Gaúcho, o Tricolor Gaúcho enfrenta no domingo o Internacional, às 19h(de Brasília), na Arena. O Grêmio lidera a competição com 23 pontos.O Jogo - O Grêmio encontrou dificuldades para se impor ofensivamente. No contra-ataque os paraguaios quase surpreenderam. Por pouco, aos 06, Cortez cochilou, perdeu a bola para Bareiro, que tocou para Martínez. O camisa 11 cruzou para Oscar Cardozo, que voou na bola, mas mandou para fora. Aos 14, Marinho recebeu na direita, deixou o marcador deitado no chão, limpou e bateu, mas a bola saiu.Passado mais de 20 minutos, o Tricolor Gaúcho não conseguiu se encontrar em campo. Por sua vez, o Libertad avançou as suas linhas o que criou problemas no setor de criação da equipe gremista. Uma jogada de individual de Luan, aos 28, que recebeu de Michel, avançou com a bola e chutou. A bola passou na rente ao travessão e saiu.
A forte marcação dos visitantes complica as ações ofensivas do Grêmio que não furou o bloqueio defensivo da defesa paraguaia. Um lance polêmico, aos 46, Cortez recebeu de Maicon dentro da área, cortou o defensor e desabou. Um minuto depois, Martínez recebeu na esquerda, entortou Geromel e cruzou para Bareiro, que aproveitou o espaço dado para Kannemann e estufou as redes de Paulo Victor.Maicon e Luan tiveram atuações técnicas individuais muito fracas. Além disso a produção dos laterais Leonardo Gomes e Cortez em termos ofensivos deixou a desejar.