14 de março de 2019

Julgamento do ‘Maníaco da Torre’ deve durar o dia todo no Fórum de Maringá

Momento em que o acusado chega ao Fórum/ Foto - Márcio Gomes
O Tribunal do Júri do Fórum de Maringá ficou lotado na manhã desta quinta-feira. Está no banco dos réus Roneys Fon Firmino Gomes, 45 anos, conhecido como ‘Maníaco da Torre’. Ele é julgado pela morte de Ednalva José da Paz, morta em 2010, a época com 36 anos. Este é o único crime que ele nega ter cometido. Durante o inquérito policial, Gomes disse se recordar de pelo menos seis mortes, mas a suspeita da polícia é de que ele tenha matado 13 mulheres entre os anos de 2010 e 2015.
Fila se formou na entrada do Fórum/ Foto – Márcio Gomes
O júri é presidido pelo juiz Cláudio Camargo dos Santos. A acusação fica a cargo do promotor Júlio Cesar da Silva e a defesa de Gomes será feita pelos advogados Willians Francis de Oliveira e Josiane Bichet. Os advogados tentaram impedir que o termo ‘Maníaco da Torre’ não seja usado. O pedido foi negado pelo juiz. A imprensa não foi autorizada a gravar imagens do Júri. A Polícia Militar é responsável pela segurança do local.