12 de abril de 2019

'Desmoronou tudo em cima de mim', diz morador que sobreviveu a desabamento de prédios na Muzema

'Foi tudo muito rápido', conta morador de um dos prédios que desabou na Muzema
Informações do G1 Globo / Reprodução - Moradores que conseguiram escapar do desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, Zona Oeste do Rio, relataram o que viram, como conseguiram se proteger e o acompanhamento das buscas por vítimas.
Um homem, que morava há dois anos no primeiro andar de um dos prédios prédio, disse que só conseguiu sair dos escombros porque retiraram uma parede que estava na frente dele impedindo a fuga.
"Eu estava no quarto, corri pra sala e quando cheguei na sala desmoronou tudo em cima de mim. Foi muito rápido, muita poeira. Fique num bolsão de ar. Os meninos tiraram uma parede que estava na frente e eu consegui sair. Só consegui sair porque eu corri pra sala na hora", disse Edvaldo.
Os imóveis que desabaram, segundo a prefeitura, eram construções irregulares. Os desabamentos aconteceram por volta das 6h40 desta sexta-feira (12). Dezenas de moradores e bombeiros vasculhavam os escombros para tentar localizar vítimas.

Edvaldo morava sozinho e ficou apenas com escoriações nos pés e nos braços. Segundo ele, o prédio tinha seis andares.

"Quero ficar bem longe disso aí. Não tem psicológico pra chegar perto. Na hora do desespero, você não quer nem chegar perto do prédio mais", completou o morador.

Até as 10h50, os bombeiros confirmavam dois mortos e seis pessoas feridas no local.