4 de abril de 2019

Tentativa de roubo a bancos termina com ao menos 10 mortos após tiroteio em Guararema, SP

Uma tentativa de roubo a dois bancos terminou com tiroteio em Guararema, cidade paulista a cerca de 80 quilômetros da capital, na madrugada desta quinta-feira (4). De acordo com informações iniciais da polícia, eram ao menos 25 criminosos e pelo menos 10 deles morreram.
Uma família foi feita refém durante a fuga dos assaltantes, mas não se feriu. O criminoso que manteve os reféns morreu ao ser baleado.
A ação começou por volta das 4h perto da estrada na região central da cidade. De acordo com o comandante da Rota Mario Alves da Silva, os assaltantes, fortemente armados, estavam em cinco veículos blindados. Eles invadiram uma agência do Banco do Brasil e outra do Santander.
Fuzis, pistolas e munições apreendidos
Até a última atualização desta reportagem, não estava confirmado se, de fato, o dinheiro foi levado dos bancos.
Foram apreendidos com a quadrilha sete fuzis, quatro pistolas, duas calibre 12 e vários explosivos. 

“Não conseguimos, ainda, apurar toda a munição que existe, tendo em vista que o local está sendo preservado. Não podemos mexer nos locais”, disse Silva.

“Em princípio, havia indivíduos altamente equipados, com colete tático, luva, balaclava, equipamentos de última geração para, realmente, uma ação de guerra”, informou o comandante da Rota.

Dos dez assaltantes mortos, sete foram atingidos por balas durante troca de tiros em bloqueio feito por policiais da Rota (leia mais ao final da reportagem) na Estrada Hércules Campanholi, que dá acesso ao centro do município. Outro morto foi baleado na casa da família refém. Ainda houve um morto em um matagal e um em outro trecho da estrada onde a Rota fez bloqueio.

Assaltantes feridos após o tiroteio com a polícia foram levados para a Santa Casa da cidade.