6 de abril de 2019

Ex de Alexandre Frota entra na Justiça e pede R$ 50 mil por danos morais

                                 Valter Campanato/Agência Brasil

As questões familiares envolvendo Alexandre Frota, Samantha Gondim, e o filho deles Mayã Frota, continuam movimentadas. A personal trainer, que atualmente vive na Bélgica, entrou formalmente com uma queixa-crime contra o ex e pede R$ 50 mil por danos morais. As informações são do jornal Extra.Juliana Zappalá Porcaro, advogada de Samantha, alega que o deputado federal denegriu a imagem de sua cliente com mensagens nas redes sociais, mas que apagou tudo após assumir o cargo. “Assim que ele foi diplomado, apagou tudo o que tinha postado, os xingamentos e acusações a ela, mas existem prints e reportagens que comprovam o que ele fez”, afirma Porcaro.

Em outubro do ano passado, Frota protagonizou um bate-boca com o filho Mayã, de 18 anos, nas redes sociais. O garoto acusava o pai de não paga sua pensão em dia e o então candidato respondeu que a concepção ocorreu em um motel de Brasília, quando ele e Samantha estavam “loucos” de bebida e cocaína. Na época, Alexandre Frota tinha 34 anos e Samatanha tinha apenas 16 anos.

A queixa-crime foi protocolada na última sexta-feira (5) e enviada à Justiça. O documento vai para um juiz e, na sequência, Alexandre Frota será intimado a uma audiência de conciliação.