2 de abril de 2019

Expoingá 2019 espera comercializar R$ 600 milhões

                            Foto: Divulgação

Em evento que reuniu mais de mil pessoas, a SRM (Sociedade Rural de Maringá) lançou na sexta-feira a Expoingá 2019. A feira, que vai acontecer de 9 a 19 de maio, poderá gerar cerca de R$ 600 milhões de negócios e receber 550 mil pessoas, segundo a expectativa dos organizadores.

Presidente da SRM, Maria Iraclézia projeta crescimento de 5% em relação à feira de 2018, ainda que haja uma pequena quebra na safra de grãos deste ano. “Nos anima saber que o país está retomando o crescimento devagar e buscando fazer as reformas necessárias para o equilíbrio de suas contas. Isso faz as pessoas acreditarem numa recuperação econômica e investirem em seus
negócios. Assim, o agronegócio que já vinha bem, mesmo na crise, deverá ter um impulso ainda maior”, disse.

Presente no lançamento, o governador Ratinho Júnior, lembrou que o agronegócio é a matriz econômica do Estado e que por isso pretende melhorar muito a infraestrutura de rodovias e aeroportos para aumentar a capacidade de escoamento de safra e geração de negócios, mas citou que é preciso ainda “investir na qualificação de mão-de-obra para os novos postos de trabalho, que antes eram na terra e agora exigem o uso das novas tecnologias”.

NOVIDADES
A SRM anunciou durante o evento serão mantidos dois dias (9 e 13) de portões abertos. Os ingressos para o parque terão o mesmo valor do ano passado: R$ 12 (inteiro) e R$ 6 (meio ingresso).
Entre as novidades da feira estão a Exposição de Dinossauros, com 16 peças em tamanho original e uma roda-gigante de 25 metros de altura com luzes de LED