4 de abril de 2019

Mais de 50 motos foram apreendidas em quatro dias de fiscalização

Com informações de O Diário - Pouco mais de 50 motos foram apreendidas, em Maringá, por diversas irregularidades em quatro blitzes promovidas desde a semana passada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) em conjunto com o Pelotão de Trânsito da Polícia Militar. "Só ontem (2) foram 21 motocicletas", diz o diretor de Trânsito da Semob, Marcelo Filite.

Segundo ele, outras fiscalizações conjuntas serão realizadas no decorrer desta semana, tendo como foco as motocicletas. Uma das principais razões é de que a maior parte das 41 mortes decorrentes de acidentes de trânsito, em 2018, foi de motociclistas. "Vários destes não possuíam CNH ou estavam com a moto em situação irregular", menciona Filite.
Entre as principais irregularidades que justificam a apreensão das motos estão: falta de documentação (CNH), licenciamento do veículo em atraso e escapamento fora dos padrões regulamentados. "A fiscalização está atenta a este item. Recebemos reclamações em relação aos escapes das motos, por conta do barulho."

O número de autuações não foi divulgado, uma vez que cada apreensão pode ter gerado de duas a três autuações. Vale mencionar que nem todas as atuações resultaram em apreensão. 

Motofretistas, que trabalham com a entrega de mercadorias, também são alvo das blitzes. "Eles devem ter cadastro na prefeitura e estar devidamente regulamentados para prestar esse tipo de serviço."

A orientação da Semob é de que os motoristas de maneira geral respeitem a legislação de trânsito e que a população não divulgue os pontos de fiscalização, que visam a garantia da segurança de todos.