16 de abril de 2019

Nova paralisação de servidores do Samu deve durar três dias

                                     © Divulgação

Por Metro Jornal:Os servidores do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) começam nesta terça-feira (16) uma nova paralisação, de 72 horas, contra mudanças feitas no serviço pela Prefeitura de São Paulo. O sindicato estima que 70% da categoria vai aderir. Uma assembleia hoje deve decidir os rumos da paralisação.

A secretaria de Saúde disse, em nota, que as mudanças realizadas são “irreversíveis” e “vão melhorar a eficiência do Samu”.