17 de abril de 2019

Polícia Federal prende integrantes de quadrilha que monitorava PRF

Com informações de O Diário / Reprodução: Sarandi em Dia - A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira (16), integrantes de uma quadrilha que usava câmaras para monitorar um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-277 na região de Foz do Iguaçu (409 quilômetros de Maringá). O grupo repassava as informações para que os criminosos escapassem de fiscalizações.
A PF começou a investigar a quadrilha em 2017, identificando cinco núcleos criminosos que atuavam no transporte de mercadorias ilícitas na região. Os criminosos tinham acesso ao posto da PRF onde os veículos procedentes da fronteira passam.

Durantes as investigações a PF descobriu ainda que o grupo dava apoio a diversas organizações criminosas do país. O serviço de “monitoramento” era para diversos crimes desde de contrabandear produtos até tráfico de drogas.


Até esta terça pela manhã oito pessoas foram presas preventivamente e foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Foz do Iguaçu, Céu Azul e Santa Terezinha do Itaipu. Grande parte dos suspeitos já tinha passagem pela prática de crimes de contrabando e descaminho, o que, segundo a PF, demonstra a dedicação à prática destes crimes de forma profissional.

No decorrer da investigação, foi constatado ainda que os criminosos atuavam de diversas formas: desde o apoio logístico como armazenamento de mercadoria, disponibilização de olheiros, motoristas, batedores para o contrabando até a venda de produtos. O grupo utilizava ainda carros roubados com placas falsas para cometer os crimes.