31 de maio de 2019

Casos de envenenamento de animais assustam moradores de Maringá

                            (Foto: Colaboração)

Moradores de Maringá estão sendo surpreendidos nos últimos dias com o aparecimento de animais mortos na região. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, o município está investigando casos de envenenamento de animais de rua e de estimação.

Após dois casos recentes no Jardim São Silvestre, o florista Edivaldo Ramos decidiu pendurar duas faixas em frente à casa onde mora, fazendo um apelo por conscientização. "Você está fazendo com que crianças entrem em depressão pela perda de seu animalzinho", alerta um dos banners. O outro lembra que envenenar gatos é crime.De acordo com a lei, a pena por praticar "ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos" varia de três meses a um ano de prisão, além de multa.

Um dos últimos registros foi o da gata de Sara. A menina, de 11 anos, estranhou quando não encontrou mais o animal em casa. De acordo com a mãe da criança, ela não brinca mais e só chora pela falta da gata.

A Prefeitura de Maringá lembra que os casos precisam ser denunciados pelo telefone 156. Até agora, nenhum suspeito foi identificado ou localizado.

Colaboração Bruno Previdi, Mariana Kateivas/Rede Massa e Silvio Rocha/Rede Massa