27 de agosto de 2019

É criado em Maringá o programa Farmácia Solidária para incentivar doação de sobras de medicamentos

                                foto:Vivian Silva/PMM

Regulamentado por meio de decreto assinado pelo prefeito Ulisses Maia (PDT) nesta segunda-feira (26/8), em reunião no Paço Municipal, o programa Farmácia Solidária vai incentivar a doação de sobras de medicamentos na rede municipal de Saúde.De acordo com as regras do programa, as farmácias localizadas nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Maringá vão receber as sobras de medicamentos. Para que o remédio seja recebido, o doador vai precisar assinar um termo de doação.O que se propõe é que ao concluir um tratamento medicamentoso, o cidadão faça a doação dos remédios restantes, dentro do prazo de validade, para que possam ser aproveitados por outras pessoas.

Antes de fazer a distribuição das sobras dos medicamentos, técnicos da Secretaria de Saúde vão fazer uma triagem e analisar criteriosamente a medicação. A expectativa é que empresas farmacêuticas também façam doações ao programa Farmácia Solidária.

Na outra ponta do projeto, para a entrega dos medicamentos a quem precisa, a solicitação dos remédios vai ser feita de modo online, por meio deste link do Portal da Saúde.

É preciso que o interessado apresente a receita, se obrigatória, o número de usuário no Sistema Único de Saúde (SUS) e crie uma senha para acompanhar a lista de medicamentos que vão estar disponíveis nas UBS’s.