30 de abril de 2019

Estudo aponta onde o almoço é mais caro entre 51 cidades do país

Com informações do G1 Globo / Reprodução: Sarandi em Dia
O brasileiro gasta em média, por dia, R$ 34, 84 para comer na rua com prato principal, bebida, sobremesa e cafezinho. É o que mostra uma pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador.
Em Florianópolis, esse valor é ainda mais alto, R$ 43,35. A capital catarinense lidera o ranking das cidades que tem a refeição fora de casa mais cara do Brasil. De acordo com a associação, isso acontece principalmente porque Florianópolis é uma cidade turística.
A pesquisa foi realizada em 51 municípios do Brasil e com quatro tipos de refeição: aquelas servidas em restaurantes, que a gente escolhe no cardápio, comida por quilo, prato feito e prato executivo.

Atualmente, cerca de 17 milhões de trabalhadores têm acesso aos benefícios de refeição e alimentação, sendo que 80% possuem renda de até cinco salários mínimos.

Veja abaixo os maiores e menores preços em algumas cidades pesquisadas: