23 de setembro de 2019

Sarandi promove ações de conscientização no Setembro Amarelo

                                             

Neste Setembro Amarelo, a Prefeitura de Sarandi realiza ações com o objetivo de conscientizar a população sobre o suicídio. Parte das atividades estão em andamento ao longo de todo o mês nas Unidades Básicas de Saúde, através de grupos terapêuticos e rodas de conversa sobre o tema. Do dia 16 ao dia 20, psicólogos do Ambulatório de Saúde Mental (ASM) e membros do Parlamento Jovem levaram a campanha nas escolas estaduais da cidade. Para a última semana do mês está prevista para o dia 25 de setembro a “Passeata pela valorização da Vida”, organizada pelo Parlamento Jovem e outras instituições do município.A campanha do Setembro Amarelo ainda contará com a “I Conferência Municipal Sobre o Suicídio e as Autolesões”, destinada aos servidores da Secretaria de Saúde, da Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Educação. Na ocasião, serão ministradas palestras sobre o tema.

O encerramento das atividades será no 28 de setembro, com o evento: Saúde Mental na Praça, onde os psicólogos vão orientar os participantes sobre os serviços da rede municipal de saúde, que atendem esses casos.

Dados:
Segundo a Organização Mundial da Saúde, nos últimos 45 anos, o suicídio cresceu em 60% e está entre as dez principais causas de morte da população. Os índices aumentaram, principalmente, na faixa etária dos 15 aos 45 anos.

No Brasil, os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, mostram que o índice de suicídio cresceu entre 2011 a 2015. Em 2011, foram registradas 10.490 mortes, já em 2015 esse índice chegou a 11.736, sendo que a região sul tem a concentração de 23% dos suicídios do Brasil.

Em Sarandi, os índices também cresceram. Segundo os dados do DATASUS (2017), nos últimos anos, foram registrados 26 casos de suicídio no município. Desta forma, Sarandi apresenta uma taxa de morte maior que a média nacional que é em torno de 5,7 a cada 100 mil habitantes.

Em um levantamento feito junto ao Centro Médico de Especialidades, através do Ambulatório de Saúde Mental (ASM), também foi ressaltada a incidência de comportamento suicida e a prática de autolesões, entre os adolescentes. De abril a setembro de 2017, o ambulatório recebeu 20 encaminhamentos do Conselho Tutelar, de jovens de 12 a 17 anos.

CRONOGRAMA

Passeata pela Valorização da Vida
Data: (25/09).
Horário: 09h15.
Local: Saída: Colégio Estadual Francisco Lisboa, na Avenida Maringá, 1941, Jardim Verão. Chegada: Praça dos Pioneiros.

I Conferência Municipal Sobre o Suicídio e as Autolesões
Data: (27/09).
Horário: 8h às 12h.
Local: Casa da Cultura.

Evento Saúde Mental na Praça
Data: (28/09).
Horário: 8h às 12h.
Local: Praça do Pioneiros.

Creditos;Dpto: Comunicaçao da Prefeitura de Sarandi.